Como investir em ações com pouco dinheiro?

Você não precisa de muito para começar a investir em ações e virar sócio de empresas gigantes do mercado financeiro.

Neste guia, mostraremos estratégias acessíveis para iniciantes que desejam dar os primeiros passos no mundo dos investimentos em ações.

Qual o valor mínimo para comprar ações

Você pode comprar um mínimo de 1 ação, mas não há um valor mínimo estabelecido para comprar ações. Se a ação custar R$ 1,00, por exemplo, você consegue investir com R$ 1,00.

No mercado fracionário do Brasil, é possível comprar ações de empresas que normalmente são vendidas em lotes de 100, de forma fracionada, ou seja, comprar quantidades menores, de 1 em 1. Essa flexibilidade torna o investimento em ações mais acessível, permitindo que investidores com menos recursos possam participar do mercado de ações e se beneficiar do potencial de crescimento do mercado financeiro.

Uma característica interessante é que existem ações conhecidas como “penny stocks“, que custam menos de R$1. Essas ações são frequentemente associadas a empresas menores e mais arriscadas, mas também podem oferecer oportunidades de alto retorno para os investidores dispostos a assumir riscos adicionais.

Como investir em ações com pouco dinheiro?

Existem várias estratégias para investir em ações com pouco dinheiro e para começar, mostraremos o passo a passo de como investir em ações com pouco dinheiro.

1. Use o Fracionamento de ações ao comprar

Com o fracionamento de ações, não é mais necessário comprar ações em lotes de 100. Agora, é possível investir de forma fracionada, comprando ações de 1 em 1. Isso torna o investimento em ações muito mais acessível, pois você pode investir qualquer quantia, mesmo que não seja suficiente para completar o lote de 100.

Por exemplo, é possível adquirir 1 ação de uma empresa, e se essa ação custar R$ 24, você pode ser sócio desta empresa obtendo 1 ação por esse preço. Essa flexibilidade abre oportunidades para investidores com pouco dinheiro disponível entrarem no mercado de ações e começarem a construir um patrimônio ao longo do tempo.

2. Escolha uma corretora sem taxa de corretagem:

Pesquise e escolha uma corretora que ofereça investimentos sem cobrar taxas de corretagem. Isso permitirá que você invista pequenas quantias sem se preocupar com custos adicionais, otimizando seus retornos.

Abra sua conta na Toro Investimentos com o link abaixo e ainda ganhe 3 ações após investir seus primeiros R$ 1.000!

3. Transferência de dinheiro:

Após escolher a corretora, realize uma transferência bancária para a conta da corretora, onde ficará disponível para seus investimentos. É importante verificar se há algum custo adicional para a transferência de dinheiro.

4. Descubra o ticker (código da ação):

O ticker é um código único que identifica cada ação negociada no mercado financeiro. Você pode encontrar o ticker de uma ação pesquisando na internet ou no site da própria empresa.

5. Acesse o home broker da corretora:

O home broker é a plataforma online da corretora que permite realizar suas operações de compra e venda de ações. Faça login na sua conta e acesse o home broker.

6. Insira o código da ação:

No homebroker, insira o ticker da ação que deseja comprar na barra de busca. Por exemplo, se você deseja comprar ações da empresa ITAÚ UNIBANCO e seu ticker é ITUB3, digite “ITUB3” na barra de busca.

7. Adicione um “F” para mercado fracionário:

Se você está comprando ações fracionadas, adicione um “F” no final do código da ação. Por exemplo, se você deseja comprar 1 ação da empresa ITAÚ UNIBANCO no mercado fracionário, digite “ITUB3F” na barra de busca.

8. Realize a compra:

Com o código da ação corretamente inserido, clique na opção de compra e informe a quantidade de ações que deseja adquirir. Em seguida, revise todas as informações e confirme a operação.

Vale a pena investir em ações com pouco dinheiro?

Investir em ações com pouco dinheiro pode ser uma oportunidade emocionante para fazer seu dinheiro crescer ao longo do tempo. Com as facilidades do mercado fracionário e corretoras que não cobram taxa de corretagem, você pode iniciar sua jornada como investidor mesmo com quantias menores.

Ao investir em ações, é importante considerar a diversificação como uma estratégia inteligente. Além de ações, você pode explorar a possibilidade de investir em renda fixa, e Fundos Imobiliários (FIIs) que oferece maior estabilidade e menor risco comparado ao mercado de ações. A combinação pode ajudar a equilibrar os riscos e potencializar seus retornos, inclusive através do recebimento de dividendos.

Os dividendos são uma parte dos lucros das empresas e FIIs distribuída aos acionistas, e podem ser uma fonte adicional de renda para os investidores. Ao investir em ações de empresas que pagam dividendos consistentes, você pode aproveitar o potencial de crescimento do valor das ações, ao mesmo tempo que recebe pagamentos regulares em dinheiro.

No entanto, é importante lembrar que investir em ações envolve riscos e volatilidade. Por isso, é fundamental ter uma visão de longo prazo e estar preparado para enfrentar possíveis oscilações do mercado.

Quanto à expectativa de lucro mensal, é essencial entender que o mercado de ações pode apresentar variações significativas de curto prazo. Para investir dinheiro e ter lucros mensais consistentes, é recomendado manter uma estratégia bem definida e acompanhar de perto seus investimentos. Adicionar investimentos que pagam dividendos regulares ajudaria nesse objetivo.

Quanto rende R$ 1000 em ações?

Vamos considerar um investimento de R$ 1000 em ações do Ibovespa no início de 2018 e acompanhar o valor do investimento ao final de cada ano, utilizando os retornos anuais do Ibovespa mencionados:

No final de 2018, o valor do investimento seria de R$ 1000 + (R$ 1000 * 0,1503) = R$ 1150,30.

No final de 2019, o valor do investimento seria de R$ 1150,30 + (R$ 1150,30 * 0,3158) = R$ 1511,87.

No final de 2020, o valor do investimento seria de R$ 1511,87 + (R$ 1511,87 * 0,0292) = R$ 1557,38.

No final de 2021, o valor do investimento seria de R$ 1557,38 + (R$ 1557,38 * -0,1193) = R$ 1370,49.

No final de 2022, o valor do investimento seria de R$ 1370,49 + (R$ 1370,49 * 0,0469) = R$ 1437,84.

Portanto, ao final de 2022, o investimento inicial de R$ 1000 teria se valorizado para aproximadamente R$ 1437,84, considerando os retornos anuais do Ibovespa desde 2018. Isso significa que R$ 1000 rendeu cerca de 7,5% ao ano e um total de R$ 437 em 5 anos!

O Ibovespa é o principal índice da Bolsa de Valores brasileira, e ele representa o desempenho médio das ações mais negociadas no mercado brasileiro. Estamos usando o Ibovespa como exemplo porque é uma referência amplamente utilizada para acompanhar o comportamento geral do mercado de ações no Brasil.

É importante ressaltar que o desempenho do Ibovespa pode variar anualmente, e os resultados do mercado de ações não são garantidos. Investir em ações envolve riscos, e os retornos podem ser positivos ou negativos em diferentes períodos.

Dicas para maximizar o investimento

  • Invista regularmente, mesmo que sejam pequenas quantias. A consistência é fundamental para o crescimento do investimento ao longo do tempo.
  • Aproveite promoções e ofertas especiais oferecidas pelas corretoras para economizar nas taxas.
  • Acompanhe o desempenho de suas ações e faça ajustes na estratégia, se necessário, mas lembre-se de manter o foco no longo prazo.

Similar Posts