É melhor investir em CDB ou LCI e LCA?

CDBs é o investimento padrão para os investidores iniciantes, mas com a mesma segurança, os LCIs e LCAs ainda são isentos de imposto de renda, o que pode ser uma boa alternativa.

CDBs, LCIs e LCAs são tipos de títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras, como bancos e corretoras. – veja tudo o que é preciso saber antes de escolher o melhor para você.

CDBs, LCIs e LCAs vão ser os primeiros investimentos que você vai ouvir falar, depois do Tesouro Direto. O Tesouro Direto é o investimento com menor risco, pois tem a garantia do governo, mas os CDBs, LCIs e LCAs estão logo atrás, com baixo risco também, mas com mais rendimento!

Eles são considerados investimentos de baixo risco, pois são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o limite de R$ 250.000,00 por CPF ou CNPJ e instituição financeira. Então somando todos os seus investimentos em CDBs, LCIs e LCAs do mesmo banco ou corretora, se esses investimentos somarem menos de R$ 250.000,00, você consegue receber todo seu dinheiro de volta no caso de falência da Instituição Financeira – é isso que a garantia do FGC oferece!

O que significa CDB, LCI e LCA?

CDBs (Certificados de Depósito Bancário) são títulos emitidos por bancos e remunerados com juros. O investidor empresta dinheiro ao banco por um período determinado e recebe os juros pelo empréstimo.

LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) e LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) são títulos emitidos por instituições financeiras e remunerados com juros. As LCIs são destinadas a financiar projetos imobiliários e as LCAs são destinadas a financiar o agronegócio. Ambas são lastreadas em créditos imobiliários ou agrícolas, respectivamente, o que as torna uma opção segura para quem deseja investir em ativos de baixo risco.

CDB é um bom investimento?

Sim, o CDB (Certificado de Depósito Bancário) pode ser considerado um bom investimento.

O CDB é emitido por bancos e oferece uma taxa de juros predefinida e um prazo de vencimento acordado entre o investidor e o banco. Ele é considerado um investimento seguro, pois conta com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para valores de até R$ 250.000 por instituição financeira. Além disso, o CDB proporciona previsibilidade de rendimento ao investidor.

Veja também: rendimento dos CDBs em diversas corretoras.

LCI e LCA são bons investimentos?

Sim, a LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) também podem ser consideradas bons investimentos. Esses títulos de crédito são emitidos por instituições financeiras com o objetivo de financiar o setor imobiliário (LCI) e o agronegócio (LCA). Uma vantagem desses investimentos é a isenção de Imposto de Renda para pessoas físicas. Além disso, assim como o CDB, esses títulos oferecem uma taxa de juros predefinida e um prazo de vencimento determinado, o que proporciona segurança e previsibilidade ao investidor. É importante, no entanto, avaliar a instituição financeira emissora e considerar seu perfil de risco e objetivos financeiros antes de investir em LCI ou LCA.

CDB ou LCI e LCA?

Escolher o melhor investimento dependerá do seu objetivo financeiro.

Vantagens do CDB

Ao optar por um CDB com liquidez diária, o investidor tem a flexibilidade de resgatar o dinheiro a qualquer momento, sem a necessidade de aguardar um prazo fixo. Isso o torna uma opção interessante para objetivos financeiros que exigem disponibilidade imediata de recursos, como despesas inesperadas, emergências médicas ou perda de emprego. O CDB com liquidez diária funciona como uma reserva de emergência ou até reserva de oportunidade e pode oferecer uma taxa de juros atrativa, combinando segurança e acesso rápido aos fundos necessários.

Ao se preparar para aproveitar oportunidades futuras, como ações chegarem a um preço atraente, você pode manter seus investimentos em CDB com Liquidez diária que manterá seu dinheiro rendendo e com disponibilidade quando as oportunidades surgirem.

Vantagens dos LCIs e LCAs

Uma vantagem desses investimentos é a isenção de Imposto de Renda para pessoas físicas. Além disso, assim como o CDB, esses títulos oferecem uma taxa de juros predefinida e um prazo de vencimento determinado, o que proporciona segurança e previsibilidade ao investidor.

Eles podem ser bons investimentos quando há um objetivo financeiro com um prazo fixo no qual o dinheiro não será necessário até lá. Esses investimentos são conhecidos por oferecerem uma rentabilidade previsível e, muitas vezes, superiores às opções tradicionais de renda fixa. Ao investir em LCI e LCA, é importante ter em mente que os recursos ficarão indisponíveis durante o prazo estabelecido, pois esses títulos geralmente não permitem resgates antecipados. Portanto, é recomendado destinar esses investimentos para objetivos de médio a longo prazo, como a compra de um imóvel, a realização de um projeto específico ou a construção de patrimônio de forma planejada. Avalie o prazo do investimento e certifique-se de que não precisará dos recursos antes do vencimento, aproveitando a rentabilidade previsível oferecida pelas LCI e LCA.

É importante, no entanto, avaliar a instituição financeira emissora e considerar seu perfil de risco e objetivos financeiros antes de investir em CDB, LCI ou LCA.

Tenho que pagar imposto quando compro?

LCI e LCA são isentos de imposto de renda, assim como a poupança. Já no caso dos CDBs, todo lucro que tiver terá que ser pago um imposto sobre o rendimento. Existe uma tabela para você saber quanto de imposto será necessário pagar (dependendo do tempo do investimento). Lembrando que o imposto é só sobre o rendimento, não sobre o valor investido.

Quanto ganho investindo R$ 1.000,00 em CDBs, LCIs e LCAs?

Para o cálculo, deve considerar que LCI e LCA são isentos de imposto, então 10% ao ano de rendimento para R$ 1000,00 de investimento equivale a R$ 100,00 de lucro e para o mesmo rendimento, eu pago imposto sobre o lucro, sobrando R$ 82,50 de lucro.

Mas para ter mais detalhes, temos que considerar que cada título (de CDB, LCI ou LCA) pode ter 1 dos 3 tipos de renda fixa e vamos ver alguns exemplos de cada 1 deles:

PÓS-FIXADO: Os títulos atrelados ao CDI!

PRÉ-FIXADO: Os titulos que garantem uma taxa fixa até o vencimento!

IPCA+: Os títulos que te garantem um rendimento acima da inflação!

PÓS-FIXADO: Os títulos atrelados ao CDI!

Os títulos pós-fixados são aqueles cuja remuneração é atrelada a um índice externo, como o CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Isso significa que a rentabilidade desses títulos depende da variação desse índice.

Os títulos pós-fixados são uma opção interessante para investidores que buscam segurança e rentabilidade superior à inflação. Isso porque, como a rentabilidade desses títulos é atrelada ao CDI, que é um índice que reflete a taxa de juros praticada pelo mercado, ela tende a ser maior do que a inflação.

Olhe o exemplo abaixo ao investir R$ 1.000,00 por 1 ano ganhando 100% do CDI.

Com a SELIC (Taxa de Juros do Brasil) à 13,75% ao ano, o CDI é de 13,65% ao ano. Assim, 100% do CDI, significa render o seu dinheiro em 13,65% por ano (enquanto a SELIC se manter constante). Então um LCI ou LCA com esse rendimento (100% do CDI) pagará R$ 136,50 para cada R$ 1.000,00 investidos.

No caso do CDB, o mesmo rendimento paga o mesmo valor, mas você terá que pagar imposto de renda. Na tabela do imposto, para investimento de 1 ano a 2 anos é pago 17,50% de imposto. Nesse caso, o lucro líquido real (depois dos impostos) fica em R$ 112,61.

PRÉ-FIXADO: Os titulos que garantem uma taxa fixa até o vencimento!

Os títulos pré-fixados são aqueles que garantem uma taxa fixa de juros até o vencimento. Isso significa que o investidor sabe exatamente qual será a rentabilidade do seu investimento no momento em que adquire o título.

Esses títulos são uma opção interessante para quem deseja garantir o seu rendimento até o vencimento, especialmente no período em que a SELIC (taxa de juros do Brasil) estiver caindo.

Um título pré-fixado à 14% ao ano garante que seu dinheiro renda essa taxa, todo ano, até o vencimento. Então um LCI ou LCA com esse rendimento pagará R$ 140 para cada R$ 1.000,00 investidos.

No caso do CDB, o mesmo rendimento de 14% ao ano paga R$ 140 também, mas você terá que pagar imposto de renda ao resgatar (sacar) o dinheiro. Na tabela do imposto, para investimento de 1 ano a 2 anos é pago 17,50% de imposto (sobre o lucro). Nesse caso, o lucro líquido real (depois dos impostos) fica em R$ 115,50.

Além de CDBs, LCIs e LCAs, o Tesouro Direto também oferece investimentos pré-fixados. Se você tem interesse nesse tipo de investimento, veja se o tesouro pré-fixado 2026 vale a pena para seus objetivos!

IPCA+: Os títulos que te garantem um rendimento acima da inflação!

Os títulos IPCA+ são aqueles cuja remuneração é atrelada ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que é o índice oficial de inflação no Brasil. Esses títulos garantem um rendimento acima da inflação, o que os torna uma opção interessante para quem deseja proteger o poder de compra do seu dinheiro.

Um dos principais benefícios dos títulos IPCA+ é que eles permitem que o investidor se proteja contra a inflação de forma mais eficiente do que outros tipos de investimentos, garantido uma taxa de juros fixa acima da inflação!

Um título que pague IPCA + 6% ao ano garante que seu dinheiro renda essa taxa de 6%, todo ano, até o vencimento, além do valor da inflação. Então se a inflação for aproximadamente 8% em um ano, um LCI ou LCA com esse rendimento pagará aproximadamente R$ 140 para cada R$ 1.000,00 investidos.

No caso do CDB, o mesmo rendimento paga o mesmo valor, mas você terá que pagar imposto de renda. Na tabela do imposto, para investimento de 1 ano a 2 anos é pago 17,50% de imposto. Nesse caso, o lucro líquido real (depois dos impostos) fica em R$ 115,50 (é cobrado imposto sobre o rendimento dos 6% fixos e também do IPCA).

E onde encontrar esses títulos? (LCI, LCA e CDB)

E onde encontrar esses títulos? A maioria dos bancos digitais já possuem esses investimentos para serem feitos diretos por eles. Corretoras de investimentos e Bancos tradicionais também tem esses investimentos disponíveis, com diversos vencimentos e taxas para você escolher aquele que combina melhor com seu perfil de investidor.

Lembre que são títulos feitos para levar até o vencimento e, muitas vezes, não é possível resgatar antecipado. Então se planeje bem quanto ao vencimento que você quer antes de comprar! Você pode investir por apenas 3 meses até anos, dependendo do vencimento que escolher!

Similar Posts