O PRIMEIRO PASSO É ESSE (para sua liberdade financeira)?

Liberdade Financeira é ser livre para fazer as escolhas que você quer, sem desespero e sem fazer por obrigação – é fazer por vontade. E a Reserva de Emergência é o primeiro passo, que você deve ter antes de qualquer outro investimento, e vai te ajudar a dormir tranquilo e tomar as decisões certas profissionais e pessoais.

Uma reserva de emergência é um fundo de dinheiro que você mantém em uma conta separada, que é destinada a ajudá-lo a lidar com imprevistos financeiros. Ter uma reserva de emergência pode ajudá-lo a se proteger contra dificuldades financeiras inesperadas, como despesas médicas, perda de emprego ou problemas com seu carro ou casa.

Aqui estão três exemplos de como ter uma reserva de emergência pode ser útil:

Dica n.º 1 – Perda de emprego inesperada

Se você perder o emprego repentinamente, uma reserva de emergência pode ajudar a cobrir suas despesas enquanto você procura um novo emprego. É recomendado ter de 3 a 6 meses de despesas em sua reserva de emergência. Por exemplo, se suas despesas mensais são de R$ 5.000, você deve ter pelo menos R$ 15.000 na sua reserva de emergência. Dessa forma, você pode continuar pagando suas contas e sobrevivendo financeiramente enquanto busca um novo emprego.

Dica n.º 2 – Despesas médicas inesperadas

Mesmo que você tenha um plano de saúde, algumas despesas médicas não são cobertas pelo seguro. Por exemplo, se você precisar de uma cirurgia ou tratamento especializado, pode haver custos adicionais que você terá que pagar. Ter uma reserva de emergência pode ajudar a cobrir esses custos, sem afetar suas finanças pessoais.

“Nada te ajuda a dormir melhor a noite do que dinheiro guardado para uma emergência.”

Dica n.º 3 – Problemas com a casa ou carro

Se algo inesperado acontecer com sua casa ou carro, pode ser caro consertá-los. Se você tiver uma reserva de emergência, poderá pagar as despesas necessárias sem precisar fazer dívidas ou comprometer seu orçamento mensal. Por exemplo, se seu carro precisar de uma nova transmissão, isso pode custar alguns milhares de reais. Se você tiver uma reserva de emergência, poderá pagar por isso sem ter que recorrer a cartões de crédito ou empréstimos.

Existem várias maneiras de começar a construir uma reserva de emergência. Aqui estão algumas dicas:

Dica n.º 1 – Defina uma meta para sua reserva de emergência

Determine quanto dinheiro você precisaria para cobrir suas despesas por pelo menos 3 a 6 meses. Defina essa quantia como sua meta para a reserva de emergência e trabalhe para atingi-la.

Dica n.º 2 – Crie um orçamento

Crie um orçamento e identifique áreas onde você possa economizar dinheiro. Coloque o dinheiro economizado em sua reserva de emergência. Se você tem dúvida de quanto guardar pelo quanto você ganha, você pode usar o método 50-30-20 que vai mostrar quanto você pode guardar de acordo com o seu salário.

“Usado de forma correta, um orçamento não limita a sua vida, mas te dá controle sobre ela.”

Dica n.º 3 – Automatize suas economias

Configure uma transferência automática para transferir uma quantia para sua reserva de emergência a cada mês. Isso tornará mais fácil para você economizar e não esquecer de transferir dinheiro para a reserva.

Reserva de Emergência é Essencial

Ter uma reserva de emergência é uma das maneiras mais importantes de se proteger financeiramente e dormir tranquilo, sabendo que você está seguro a qualquer adversidade.

Se você ainda não tem uma, comece a trabalhar nisso hoje. Lembre-se de que uma reserva de emergência pode ajudá-lo a lidar com despesas inesperadas, proteger sua saúde financeira e permitir que você se concentre em alcançar seus objetivos financeiros a longo prazo.

Similar Posts